Lotação do Mineirão reduzida para Cruzeiro x Grêmio Copa do Brasil

Poderia 26, 2023

O estádio de futebol Mineirão, em Belo Horizonte, terá capacidade reduzida para o confronto entre Cruzeiro e Grêmio, pela Copa do Brasil, na quarta-feira. A mudança foi tomada devido ao próximo festival de música Só Track Boa agendado para o fim de semana após o jogo.

Como os preparativos para o festival exigem uma preparação antecipada do palco, o maior estádio de Minas Gerais comportará apenas um número limitado de torcedores. A venda de ingressos para os setores Laranja Superior e Inferior (Portão F) não estará disponível. Em contraste, todos os outros setores estarão abertos para compra.

Jogo realocado, reagendamento

O Cruzeiro iniciou nesta quinta-feira a venda de ingressos para o jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, contra o Grêmio. No confronto inicial entre as equipes na Arena de Porto Alegre, a partida terminou empatada em 1 a 1, com gol de Luis Suárez dando o empate ao Grêmio.

O festival de música também impacta a partida do Cruzeiro, no dia 3 de junho, contra o Atlético-MG. Mas ao invés de ter a capacidade reduzida para jogar no Mineirão, este jogo será transferido para o Parque do Sabiá, em Uberlândia, no mesmo dia.

A Minas Arena, administradora do Mineirão, está trabalhando no reagendamento dos shows previstos para os jogos do clube em 2023, mas nenhuma alteração pode ser feita antes da partida contra o Grêmio. Como resultado, enfrenta uma crise de tempo para finalizar a programação do estádio para o segundo semestre do ano.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) ainda não forneceu informações específicas sobre os jogos a partir de meados de junho, pressionando ainda mais o processo de agendamento do administrador.

Cruzerio desiste de jogar no Mineirão

Uma reunião de comissão envolvendo a Federação Mineira de Futebol e a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade (Seinfra) confirmou a realização do festival de música depois que o Cruzeiro optou por não realizar mais seus jogos no estádio.

No início deste ano, o proprietário do clube Cruzeiro, Ronaldo Nazario, anunciou que seu time não usaria mais o icônico estádio Mineirão em 2023. Como resultado, o próximo clássico local contra o Atlético Mineiro foi transferido para o Estádio Independência.

"Damos como rompida nossa relação com a Minas Arena, não jogaremos nenhum jogo no Mineirão neste ano", disse Ronaldo.

Desde a reforma do estádio durante a Copa do Mundo de 2014, a Minas Arena administra suas operações por meio de uma parceria público-privada com o Estado de Minas Gerais. Os fundos públicos contribuirão se um limite mínimo de receita não for atingido.

Ronaldo, que já manifestou interesse em construir um novo estádio para o Cruzeiro, está insatisfeito com a situação. Ele acredita que a Minas Arena quer transformar cada vez mais o estádio em um palco para shows e entretenimento ao vivo.

No ano passado, o Cruzeiro também foi obrigado a transferir partidas para o Independência na Copa do Brasil e na Série B. Ronaldo acredita que o estado precisaria resolver o problema, dizendo: "Os cruzeirenses têm o Mineirão como a sua casa, mas estamos em um contrato muito mal feito. É um dos piores contratos que o governo do Estado tem, logicamente que a Minas Arena está muito confortável"

Depois de passar duas temporadas na Série B, Belo Horizonte recuperou sua posição no principal campeonato de futebol do Brasil. A equipe ocupa atualmente a quinta colocação da Série A. Em sete jogos, venceu quatro e perdeu três. Com 12 pontos, o Cruzeiro está atrás de Botafogo, Palmeiras, Fluminense e Atlético Mineiro.

flag
Marcos Barros
Marcos Barros é um verdadeiro fanático por esportes. Ele adora escrever sobre futebol e jogos de azar online e também é um jogador apaixonado.