O Legado de Pelé: O Rei do Futebol que transcende gerações

Poderia 29, 2023

No mundo do futebol, há nomes que transcendem gerações e se tornam verdadeiras lendas. Pelé é um desses nomes que brilham intensamente, deixando um legado inigualável. Neste artigo, exploraremos a importância e a influência desse ícone do futebol mundial, desde sua carreira brilhante até seu impacto duradouro.

A Lenda

Pelé, cujo nome verdadeiro é Edson Arantes do Nascimento, nasceu em Três Corações, Brasil, em 1940. Sua trajetória no futebol começou precocemente e rapidamente se tornou um fenômeno em campo.

Ao longo de sua carreira, Pelé conquistou inúmeros títulos, tanto com seu clube, o Santos, como com a seleção brasileira. Em nível de clubes, ele ajudou o Santos a vencer a Copa Libertadores da América e o Mundial Interclubes em múltiplas ocasiões. Pela seleção brasileira, ele levou o país a três títulos da Copa do Mundo (1958, 1962 e 1970), deixando uma marca indelével na história do futebol.

Seus feitos e conquistas vão além dos troféus. Pelé estabeleceu recordes que até hoje permanecem inigualáveis. Com um impressionante número de gols em sua carreira, ele se tornou o maior artilheiro da história do futebol, alcançando marcas que parecem inalcançáveis.

Títulos e Conquistas

Pelé deixou um legado impressionante em termos de títulos e conquistas, tanto em clubes quanto na seleção brasileira. Durante sua carreira no Santos, ele levou o clube a inúmeras glórias, conquistando 26 títulos, incluindo dez Campeonatos Paulistas, seis Taças Brasil e duas Copas Libertadores da América. Além disso, com o Santos, Pelé venceu o Mundial Interclubes em 1962 e 1963, solidificando sua reputação como um dos maiores jogadores de todos os tempos.

Pela seleção brasileira, Pelé foi fundamental na conquista de três Copas do Mundo. Ele ergueu a taça em 1958, quando tinha apenas 17 anos, em 1962 e novamente em 1970. Sua participação nessas conquistas foi marcada por atuações brilhantes, dribles magistrais e gols decisivos. Pelé se tornou um símbolo do futebol brasileiro e sua habilidade inigualável inspirou gerações de jogadores.

Recordes

Ao longo de sua carreira, Pelé estabeleceu uma série de recordes que permanecem inigualáveis até hoje. O mais impressionante é seu número de gols marcados, totalizando incríveis 1283 gols. Esse recorde é um testemunho de sua habilidade excepcional e sua capacidade de marcar em qualquer situação.

Pelé também detém o recorde de ser o jogador mais jovem a marcar em uma final de Copa do Mundo, aos 17 anos. Além disso, ele registrou 92 hat-tricks ao longo de sua carreira, demonstrando sua capacidade de marcar múltiplos gols em uma única partida.

RecordesDetalhes
Maior artilheiro da históriaMarcou um total de 1283 gols em sua carreira
Tricampeão da Copa do MundoPelé conquistou o título em 1958, 1962 e 1970
Maior número de gols em uma partidaPelé marcou 8 gols em uma única partida
Maior número de hat-tricksUm total de 92 hat-tricks
Jogador mais jovem a marcar em uma final de Copa do MundoPelé marcou aos 17 anos na final de 1958
Jogador mais jovem a marcar um gol pela seleção brasileiraPelé marcou seu primeiro gol com 16 anos
Maior número de gols em uma única temporadaPelé marcou 66 gols em uma única temporada
Maior número de títulos com o SantosEle conquistou 26 títulos pelo Santos

Características e Habilidades

O jogo de Pelé era uma combinação perfeita de técnica refinada, velocidade impressionante e inteligência tática. Sua habilidade excepcional com a bola permitia que ele driblasse com facilidade os adversários, deixando-os perplexos com sua agilidade e precisão. Além disso, Pelé possuía um senso inato de posicionamento, o que lhe permitia estar no lugar certo no momento certo para marcar gols decisivos.

Sua capacidade de finalização era impecável, com chutes precisos e potentes. Pelé tinha um domínio excepcional da bola, sendo capaz de controlá-la mesmo em situações desafiadoras. Sua visão de jogo era fenomenal, permitindo-lhe antecipar movimentos e tomar decisões rápidas e inteligentes em campo.

Estilo Único, Criatividade e Genialidade

O estilo de jogo de Pelé era único e encantador. Ele combinava elegância, fluidez e criatividade em suas jogadas. Sua habilidade de inventar dribles e jogadas surpreendentes era verdadeiramente excepcional. Pelé dominava a arte de driblar e deixava os defensores desconcertados com sua imprevisibilidade e destreza.

Sua genialidade em campo era evidente em cada toque de bola. Ele encontrava soluções inovadoras para desafios aparentemente impossíveis, criando jogadas que deixavam espectadores e oponentes maravilhados. A forma como ele executava passes precisos, lançamentos longos e finalizações magistrais era uma verdadeira obra de arte futebolística.

Influência no Desenvolvimento de Novas Gerações de Jogadores

Pelé teve uma influência transformadora no desenvolvimento de novas gerações de jogadores. Sua maestria em campo e sua postura humilde o tornaram um modelo para muitos aspirantes a jogadores de futebol. Ele inspirou inúmeros atletas a aprimorar suas habilidades técnicas, a buscar a excelência em campo e a valorizar a beleza e o espírito do jogo.

Além disso, Pelé foi um embaixador do futebol, promovendo o esporte em todo o mundo. Sua popularidade transcendia fronteiras e sua presença nos campos de futebol encantava multidões. Sua influência não se limitou apenas ao Brasil, mas se estendeu globalmente, moldando a forma como o futebol é jogado e apreciado.

O legado de Pelé no desenvolvimento de novas gerações de jogadores é evidente na forma como muitos jogadores buscam emular sua técnica, criatividade e paixão pelo jogo. Sua influência perdura até hoje, e sua marca indelével no futebol continuará a inspirar e influenciar jogadores por muitas gerações vindouras

Impacto Além do Campo de Futebol

Pelé transcendeu seu papel como jogador de futebol e deixou um impacto significativo além dos gramados. Sua popularidade e carisma fizeram dele uma figura admirada e respeitada em todo o mundo. Ele se tornou um ícone global, representando o talento, a paixão e a grandeza do esporte.

Embaixador do Esporte e Defensor de Causas Sociais

Pelé desempenhou um papel crucial como embaixador do esporte, promovendo os valores do futebol e difundindo sua mensagem positiva. Ele usou sua plataforma para defender causas sociais importantes, como a educação, a paz e a igualdade. Pelé sempre se posicionou contra a discriminação racial e lutou pela inclusão e justiça social.

Influência na Cultura Popular e Imaginário Coletivo

A influência de Pelé na cultura popular é inegável. Ele se tornou um ícone cultural, não apenas no Brasil, mas em todo o mundo. Seu nome está profundamente enraizado no imaginário coletivo e é sinônimo de excelência e genialidade no futebol. Pelé inspirou músicos, artistas e escritores, que o referenciaram em suas obras, perpetuando assim sua relevância cultural.

Além disso, Pelé foi uma figura central em documentários, filmes e comerciais, elevando ainda mais sua presença na cultura popular. Sua imagem icônica e sua história de sucesso cativaram gerações, tornando-o uma referência para aspirantes a jogadores de futebol e fãs do esporte.
 

A sua morte e o seu legado eterno

Em 2021, Pelé recebeu o diagnóstico de câncer de cólon. Ele passou por uma cirurgia no mesmo mês e, posteriormente, foi submetido a várias sessões de quimioterapia. No início de 2022, foram identificadas metástases em seu intestino, pulmão e fígado. Em 29 de novembro, Pelé foi internado no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, devido a uma infecção respiratória após contrair COVID-19 e para avaliar o tratamento do seu câncer de cólon. Em 3 de dezembro de 2022, foi anunciado que Pelé não estava mais respondendo à quimioterapia e que os cuidados paliativos seriam adotados.

Em 21 de dezembro de 2022, o Hospital Israelita Albert Einstein, onde Pelé estava sendo tratado, informou que seu tumor havia se agravado e que ele necessitava de "maiores cuidados relacionados a disfunções renais e cardíacas". Portanto, não foi possível para ele passar o Natal em casa, como sua família desejava. Pelé faleceu em 29 de dezembro de 2022, às 15h27, aos 82 anos, devido à falência múltipla de órgãos, uma complicação do câncer de cólon. O atestado de óbito de Pelé indicou que ele faleceu de insuficiência renal, insuficiência cardíaca, broncopneumonia e adenocarcinoma de cólon. 

O funeral

Homenagens foram prestadas por jogadores atuais, incluindo Neymar, Cristiano Ronaldo, Kylian Mbappé e Lionel Messi, outras grandes figuras do esporte, celebridades e líderes mundiais. O presidente brasileiro decretou um período de luto nacional de três dias. As bandeiras nacionais das 211 associações membros da FIFA foram colocadas a meio mastro na sede da FIFA em Zurique. Monumentos e estádios se iluminaram em homenagem a Pelé, incluindo a estátua do Cristo Redentor e o Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, a sede da CONMEBOL no Paraguai e o Estádio de Wembley, em Londres. Houve aplausos e um minuto de silêncio em partidas dedicadas a Pelé.

O funeral de Pelé, que incluiu a exibição pública de seu corpo em um caixão aberto coberto pelas bandeiras do Brasil e do Santos FC, começou no estádio Vila Belmiro, em Santos, em 2 de janeiro de 2023. Milhares de torcedores lotaram as ruas para assistir ao primeiro dia do velório, e alguns relataram ter ficado três horas na fila. O velório público continuou até 3 de janeiro e contou com a presença de mais de 230 mil pessoas. Muitos dos presentes vestiram a camisola número 10 da selecção brasileira, em amarelo e verde, e a camisola preta e branca do Santos Futebol Clube que Pelé usou durante a sua carreira. Os canais de televisão no Brasil interromperam a sua programação regular para cobrir o cortejo fúnebre. O velório continuou em 3 de janeiro de 2023. O recém-empossado presidente brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva, também esteve presente. Após o cortejo fúnebre, Pelé foi sepultado na Necrópole Memorial Ecuménica.

Em todo o Mundo

Em março de 2023, o Estádio Kigali, em Ruanda, foi renomeado em homenagem a Pelé pelo presidente ruandês Paul Kagame e pelo presidente da FIFA, Gianni Infantino, durante o 73º Congresso da FIFA. Em 26 de abril de 2023, o apelido "Pelé" tornou-se sinônimo de "excepcional, incomparável, único" no dicionário Michaelis de língua portuguesa, após uma campanha com 125.000 assinaturas.

A partida final foi apitada, encerrando uma era brilhante no futebol. Pelé, o eterno Rei, deixou um legado imortalizado nos corações dos fãs ao redor do mundo. Sua genialidade nos campos, sua humildade fora deles e sua paixão pelo esporte inspiraram gerações de jogadores e continuarão a ser lembrados como o símbolo máximo do futebol. Pelé partiu, mas sua lenda viverá para sempre, como uma estrela que ilumina os gramados e a alma dos apaixonados pelo jogo. Descanse em paz, eterno campeão.

flag
Marcos Barros
Marcos Barros é um verdadeiro fanático por esportes. Ele adora escrever sobre futebol e jogos de azar online e também é um jogador apaixonado.